sexta-feira, 20 de outubro de 2017

PHOBIA

I'm phobic about waking up tomorrow. And you're not here anymore. I'm afraid to leave Or let you go. I'm afraid to look at the stars alone And not being able to look the next day. I'm phobic about waking up tomorrow. And you're not here anymore. Because now we do not speak with the heart You belong to me, I know. Separated we are like a bridge in a dry lake Unless you say ... No! Are you phobic of my tears And when I smile with a broken heart. You're afraid that I give up everything. When you give up on me. Are you afraid of my promises And the times I dream aloud. You have phobia that everything is memories And may one day forget them. Because now we do not speak with the heart You belong to me, I know. Separated we are like a bridge in a dry lake Unless you do not go ... No, no, no! -Maxxie Duth-

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Mãos sujas

Eu passava na rua
E você atravessava para o outro lado.
Eu sou aquele garoto que abaixava a cabeça
Pensando estar errado.

Você cumprimentava meus amigos
E me deixava com a mão vazia.
Eu sou aquele garoto que ninguém notava
E só escrevia.

Nunca pertenci ao seu padrão
E ninguém confiava em mim.
Achavam que eu não tinha coração
Tudo porquê...

Não jogo com suas regras,
Não danço com sua música.
Minhas lágrimas não são sinceras
E escrevo de mão suja.
(Mão suja)
(Mão suja)
Não acho graça das suas piadas,
Não choro com seus palavrões.
Minhas lágrimas não são sinceras,
Pelo menos para você não.

Você me ver sentado quietinho
E cochicha baixinho com seu amigo.
Eu sou aquele garoto que falava bobagem
Para alguém falar comigo.

Eu tentava fazer o melhor,
Mas você sempre me humilhava.
Eu sou aquele garoto que tinha de tudo,
Mas amor ainda faltava.

Nunca pertenci ao seu padrão
E ninguém confiava em mim.
Achavam que eu não tinha coração
Tudo porquê...

Não jogo com suas regras,
Não danço com sua música.
Minhas lágrimas não são sinceras
E escrevo de mão suja.
(Mão suja)
(Mão suja)
Não acho graça das suas piadas,
Não choro com seus palavrões.
Minhas lágrimas não são sinceras,
Pelo menos para você não.

Eu não, eu não, eu não
Eu não sei o que quer de mim,
Mas quando acordar do seu pesadelo
Não diga que eu sou ruim.

(Tudo porquê...)

Não jogo com suas regras,
Não danço com sua música.
Minhas lágrimas não são sinceras
E escrevo de mão suja.
(Mão suja)
(Mão suja)
Não acho graça das suas piadas,
Não choro com seus palavrões.
Minhas lágrimas não são sinceras,
Pelo menos para você não.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

MÁ REPUTAÇÃO

Eu estava bem sozinho
Não pedi para aparecer
E me fazer um tolo miserável
Antes do dia amanhecer.

Sinto muito, mas agora não
Há coisas que só fazem sentido na minha cabeça
E apenas faço o que elas exigem.
Agora jogue suas cartas à mesa.

Meu espaço é pequeno de mais só para mim
Desculpa, mas não divido os holofotes.
Meu ego é enorme quando o assunto é amor
Desculpa, mas...boa sorte!

Olha o que você me fez sentir
Olha o que você me fez passar
Olha em que me fez cair
E quais silêncios me fez estar.

Oh oh oh
Oh oh oh

Tive que me acostumar bem
Com essa má reputação que me deixou.
Mutilar-me com milhões de pequenos segredos
Que um dia em mim confiou.

Eu era todas as palavras
Que você criava em uma fantasia.
Meu coração ainda chora
E também guarda rancores.

Meu espaço é pequeno de mais só para mim
Desculpa, mas não divido (Eu não divido)
Os holofotes.
Meu ego é enorme quando o assunto é amor
Desculpa, mas não vai encontrar aqui
Seu "boa sorte!"

Dançarei contrário a música
E não farei um jogo justo.
Você me deixou sentindo medo
E isso, querida, é só um susto.

-Maxxie Duth-

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

MESMO QUE DOA AQUI DENTRO

Eu dou meu coração para você
Mesmo que não seja o presente mais especial.
Eu dou meu coração para você
Mesmo que doa aqui dentro.
Eu dou meu coração para você
Mesmo que não seja o presente perfeito.
Eu dou meu coração para você
Mesmo que isso doa em mim.

Fico pensando nos sonhos
E logo vem na cabeça as promessas e escolhas.
Devo partir, mas não sei como ir!
Sei a hora
Não, não, não! Eu sei.
O dia não ver mais meu sorriso
E não há nada que eu possa fazer
Ale de dá ele a você.

Eu dou meu sorriso para você
Mesmo que não seja o presente mais especial.
Eu dou meu sorriso para você
Mesmo que doa aqui dentro.
Eu dou meu sorriso para você
Mesmo que não seja o presente perfeito.
Eu dou meu sorriso para você
Mesmo que isso doa em mim.

Ouço as fotografias chamarem
O seu nome e o meu.
Falo que posso fugir,
Mas você esquece.
E o seu castigo me adormece
E a sua ausência me condena.
Falo que quero fugir,
Mas você... Esquece.

Eu dou meu coração para você
Mesmo que não seja o presente mais especial,
Ou você esqueça isso.
Eu dou ele para você
Mesmo que isso doa em mim
E você esqueça disso.

Eu dou meu sorriso para você
Mesmo que doa aqui dentro,
Ou você esqueça isso.
Eu dou ele para você
Mesmo que não seja o presente perfeito
E você esqueça disso.

- Maxxie Duth -

terça-feira, 11 de julho de 2017

INVISÍVEL

Não importa o que me digas
Você sempre estará invisível.
Suas palavras
Ações, malditas ações
Te deixam invisível aos meus olhos.

Eu passo na rua
E sem olhar para você
Você me perturba
E isso estava me incomodando
Deixando-me maluco.

Talvez esteja implorando minha atenção,
Mas eu não ligo para pessoas tolas
Elas estão banidas do meu mundo.
Me chama de imbecil, idiota...
Será em vão!
Palavras vindas de você possuem outra direção
E eu não sei qual é.

Não importa o que me digas
Você sempre será invisível.
Suas palavras
E atitudes, malditas atitudes
Te deixam invisível aos meus olhos.

Eu sei, você não!
Me a próximo e não vejo você vindo
E isso te deixa invisível
E você não gosta,
Mas enquanto você falar palavras tolas
Que me incomodam
Continuará invisível aos meus olhos.

Talvez esteja implorando minha atenção,
Mas eu não ligo para pessoas tolas
Elas estão banidas do meu mundo.
Me chama de imbecil, idiota...
Será em vão!
Palavras vindas de você possuem outra direção
E eu não sei qual é.

Você diz ao seus amigo
"Que ele pensa que é?"
Talvez você saiba a resposta
Ou talvez você seja ela...

Por que tem que ser assim?
Sabe, eu não gosto de pessoas tolas
E você gosta de mim.
Então tenta
Muda para que eu seja grato
E possa ver sua foto naquele retrato.
Sinto muito, eu não te conheço!

Talvez esteja implorando minha atenção,
Mas eu não ligo para pessoas tolas
Elas estão banidas do meu mundo.
Me chama de imbecil, idiota...
Será em vão!
Palavras vindas de você possuem outra direção
E eu não sei qual é.

- Maxxie Duth -